claudiamaiadermatologia@hotmail.com.com.br    |   

Você já ouviu falar em escabiose ou sarna humana?

Sarna ou escabiose é uma parasitose altamente infecciosa, causada pelo ácaro Sarcoptes scabiei, que se alimenta de queratina - proteína que constitui a camada superficial da pele. O contágio se dá pelo contato direto entre humanos ou por objetos pessoais contaminados. Pacientes imunodeprimidos estão mais expostos a essa infecção.

Sintomas e Diagnóstico

O principal sintoma da escabiose é o prurido intenso, principalmente à noite. Outras manifestações clínicas são: hipersensibilidade, lesões e escoriações entre os dedos das mãos, nas axilas, no punho, nas aréolas e nos genitais, sendo todas decorrentes da ação direta do ácaro, que se movimenta pela superfície da pele, formando pequenas vesículas.

O diagnóstico é geralmente clínico, feito através de uma análise visual das áreas lesionadas, sendo confirmado pela identificação do parasita no microscópio. Em pacientes idosos ou naqueles tratados com corticoides o diagnóstico é mais difícil. Nestes casos, a busca pelo parasita pode ser feita por uma coleta do material nas lesões.

Tratamento e Prevenção

O tratamento é individualizado e depende das características da doença, além das condições gerais de saúde do paciente. Depois dessa primeira avaliação, o médico pode indicar medicamentos tópicos (inseticidas especiais ou escabicidas) ou orais. Como a transmissão é muito simples e rápida, toda a família e/ou parceiros devem ser tratados simultaneamente para evitar a reinfestação.

A prevenção envolve evitar contato com pessoas e roupas contaminadas, além de evitar locais de má higiene e manter roupas de banho/cama/uso pessoal devidamente higienizadas.

Se notar qualquer sintoma, agende uma visita com seu dermatologista.

Fonte: SBDRJ

06 de Março de 2020